O que faz da Islândia um país único?

Nessa onda crescente de famosos, blogueiros e influencers viajando o mundo e compartilhando suas experiências na internet, um país pouco conhecido pelos brasileiros tem roubado a cena com suas paisagens exuberantes, místicas e exóticas: a Islândia. Mas o que, de fato, faz desse país um lugar único e incomparável? Eu já contei por aqui que em meio a tantos países, escolhi a Islândia para passar um ano da minha vida. Agora, vou tentar responder essa pergunta. Se eu não conseguir, as fotos vão falar por mim.

A ilha é a mais jovem do mundo, geologicamente falando, e muito ativa, vulcanicamente falando. E esses dois fatores são muito importantes para responder a pergunta que abre esse post. Sua localização no Atlântico Norte, que chega a tocar o círculo polar ártico, faz do clima o terceiro fator fundamental para descrever a Islândia. E por último, mas não menos importante, a cultura preservada de costumes e idioma que remete ao período de colonização viking é a ‘cereja no bolo’ que faz do país realmente único na terra.

Terra de gelo e fogo

Essa mistura de fatores resulta em uma paisagem exótica, na qual os maiores vulcões da terra são vizinhos da maior glaciar da Europa, em que é possível que gêiseres e colunas de vapor emerjam do chão à beira de uma rodovia. Devido ao solo vulcânico e pouco fértil, há um baixo crescimento de vegetação. Há rios, lagoas e balneários termais espalhados por toda a ilha.

Campos de lava separam bairros na capital Reykjavik. Auroras boreais dançam nos céus de inverno e o sol da meia-noite persiste em não se por nos céus de verão. Cachoeiras e cascatas estão por todas as partes e até emergem do solo. É possível descer no interior de um vulcão, caminhar por tubos de lava, explorar cavernas de gelo ou fazer um mergulho bem no meio da ilha por dentro da fissura tectônica que separa o continente americano da Europa.

Diferentemente do que muitos pensam e do que o próprio nome sugere – Iceland – o país não é coberto de gelo e o clima, apesar de sempre frio para os padrões brasileiros, não é muito intenso se comparado ao inverno norte americano, por exemplo.

Como todo o resto, a fauna parece criada para um filme. Inúmeras espécies de baleias habitam o litoral o ano todo, os incríveis papagaios do atlântico e cavalos de porte imponente dividem as planícies com numerosas populações de ovelhas.

Cultura e arquitetura

O idioma islandês é o mais próximo hoje de como se comunicavam os vikings. As cultura, moradias e barcos vikings também estão preservados por toda a ilha. As famosas sagas islandesas, que são uma espécie de contos históricos, lembram o passado para as novas gerações. Os habitantes têm convicção da existência de duendes por ali e estátuas dos simpáticos gnominhos estão por todas as partes.

Nas cidades, a arquitetura moderna se mistura harmonicamente com o clássico e os moradores são receptivos e simpáticos, surpreendentemente, contrastando com demais vizinhos nórdicos.

Gastronomia

A gastronomia é autentica e bem diferente, e traz muitos elementos da vida marinha local ou das infinitas criações de ovelhas, que são mais populosas na ilha do que as próprias pessoas. Os sabores islandeses se materializam em sopas de lagostim indescritíveis, aperitivos de lasca de peixe seco com manteiga, mariscos, carnes e peixes frescos.

Por lá também está o melhor sorvete que já tomei na vidae o hot dog já considerado o melhor do mundo, composto por salsicha de cordeiro, maionese com pedaços de ovo, mostarda escura e cebola crocante.

Quem topa fugir do óbvio (em níveis extremos) e experimentar de tudo, a dica é: procure pelas iguarias vikings como cabeça de ovelha cozido e os embutidos de partes inimagináveis do mesmo bicho, além do famoso Hákarl. Esse último trata-se da carne do tubarão-da-Groenlândia, que passa por um processo de putrefação, ficando por meses enterrado antes de ser servido em cubos e acompanhado de uma aguardente local, a Brennivín.

Essa combinação incrível e improvável só ocorre em um lugar do planeta e é o que faz da Islândia um destino único, e o sonho de consumo dos que, como nós, preferem fugir do óbvio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s